Dia Internacional da Mulher: evento em Curitiba aborda a importância da autoestima feminina para lidar com situações do cotidiano

15.03.22 11:15 Por Leila

A ação integra a campanha Uma Linda Mulher, que oferece benefícios exclusivos para mulheres no mês de março. O evento é gratuito e reúne especialistas de diversas áreas 

Em um país com uma taxa de participação das mulheres no mercado de trabalho em 54% e com remuneração até 38% abaixo dos homens - segundo os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) - são esperadas ações e eventos para o Dia Internacional da Mulher que contribuam de alguma forma para mudar esse cenário. Com o objetivo de falar sobre o papel da autoestima em situações do cotidiano é que a Consulta Remédios fará um evento no dia 12 de março, às 10h, em Curitiba. 

A ação reunirá mulheres especialistas em áreas como ginecologia, dermatologia, nutrição, atividades físicas, visagismo, entre outras. Durante o evento, que será aberto ao público e gratuito, as mulheres terão a oportunidade de conversar com as especialistas e tirar dúvidas.

A diretora de marketing da Consulta Remédios, Edilaine Godoi, explica a ideia da ação e por que trabalhar a autoestima na data. "As mulheres enfrentam desafios diários em diversas áreas da vida. Por isso, quando pensamos no evento para o Dia Internacional da Mulher, decidimos que teria que ser algo que contribuísse com o cotidiano e a qualidade de vida delas. Como a autoestima impacta diretamente em tudo que rodeia o nosso dia a dia, decidimos organizar o evento a partir dessa ideia", comenta.

O evento terá duração aproximada de seis horas e roda de conversa sobre autoestima, além de dicas sobre como descobrir o tipo de pele e cuidados básicos, informações sobre saúde e cuidados femininos, o papel da alimentação equilibrada na autoestima e dicas sobre make e estilo pessoal.

"A Consulta Remédios quer ser parte da mudança quando o assunto é saúde feminina. Seja ela física ou psicológica, precisamos trabalhar reforçando a importância do autocuidado e da prevenção. A ação será de um dia, mas esperamos que a mensagem transmitida permaneça por muito tempo", completa a diretora de marketing da Consulta Remédios.

A ação faz parte da campanha Uma Linda Mulher da Consulta Remédios, que prevê ainda raspadinhas premiadas para as mulheres que realizarem compras acima de R$ 150 em produtos de beleza no marketplace e taxa zero para as mulheres empreendedoras donas de farmácias, perfumarias e pets. Nas redes sociais da Consulta Remédios, serão homenageadas mulheres fortes da história e executivas que inspiram outras mulheres.  As ações da campanha ocorrem até 31 de março.

Autoestima impacta em questões do cotidiano

A psicóloga, Ana Paula Risson, explica que a autoestima tem papel fundamental na forma como as mulheres se enxergam e, consequentemente, encaram as questões do cotidiano. "Entendo que a autoestima é o conhecimento e segurança de si, que é fortalecida ou prejudicada nas múltiplas experiências da mulher com seu contexto, como vida familiar, conjugal, inter relações, trabalho e, sobretudo, nas exigências e expectativas sociais. Junto disso, a autoestima é, também, uma autoavaliação de si. Portanto, se esta autoavaliação estiver negativa ou distorcida, podem contribuir com o surgimento de sentimentos e emoções como tristeza, solidão, desesperança, autodesvalorização e, em casos mais graves, sintomas de depressão ou ansiedade." 

Nessa direção, os estudos apontam que as mulheres têm 40% mais chances de sofrer algum transtorno mental e que a probabilidade de ter sofrido depressão recentemente é 75%, se comparada com os homens. A especialista cita também o aumento de 12% para 17% de mulheres que afirmam consumir álcool pelo menos uma vez por semana, segundo pesquisa realizada pelo IBGE.

"O conhecimento de si - ou autoconhecimento - é o caminho mais eficaz para um processo de fortalecimento de sua autoestima e, consequentemente, a segurança de si. O conhecimento de si faz com que a mulher se torne mais fiel a ela mesma, seus sentimentos, interesses, projetos e sonhos. Já a segurança de si coloca a mulher em um lugar de maior confiança, sobretudo o que ela acredita", reforça.

Cuidar de si libera hormônios da felicidade

A psicóloga reforça o papel de quatro hormônios que são conhecidos por estarem relacionados à felicidade e como cuidar de si pode ajudar o cérebro a liberar eles no organismo. "Ao reconhecer que a autoestima é o conhecimento e segurança de si, na medida em que se alcance esse lugar, há mais chances de produzir hormônios como endorfina, oxitocina, dopamina e serotonina." 

Entre as dicas para ativar a liberação desses hormônios estão:

Endorfina: Considerada a morfina do corpo, um analgésico natural, traz uma sensação de felicidade e ajuda na resistência aos momentos de dor. 

Serotonina: Esse hormônio invade o corpo sempre que nos sentimos importantes ou como parte de algo ou grupo. Por isso, a depressão é uma resposta à falta dela no corpo. Para elevar o nível de serotonina é bom receber massagens, praticar atividades físicas e olhar fotos antigas que trazem boas memórias à tona.

Dopamina: O hormônio da motivação é acionado quando alcançamos alguma meta ou damos um primeiro passo para algum objetivo que queremos muito. Vale para situações simples do cotidiano como encontrar um dinheiro perdido na bolsa ou situações mais importantes como ser promovida no trabalho. Uma boa forma para liberar dopamina é estipular objetivos de curto prazo e dividir os mais longos em pequenas metas. E, claro, celebrar sempre que alcançar cada um deles.

Oxitocina: O hormônio da conexão social e do vínculo emocional é fundamental para o desenvolvimento dos relacionamentos emocionais. Construir relacionamentos, dar abraços ou receber presentes são ótimas formas de liberar o hormônio no organismo.

SERVIÇO

Evento Dia Internacional da Mulher | Consulta Remédios
Onde: Rua Desembargador Vieira Cavalcanti, 703, Mercês, na sede da Consulta Remédios
Quando: 12 de março, a partir das 10h
Quanto: Gratuito
Mais informações em
https://consultaremedios.com.br/v/uma-linda-mulher 

Sobre a Consulta Remédios

 

Nascida em 2000, a Consulta Remédios, que era um site de consulta a medicamentos, tornou-se o primeiro marketplace de farmácias do Brasil, sendo o mais utilizado por pacientes, profissionais da saúde e drogarias quando o assunto é medicamento, saúde e beleza. São mais de um milhão de usuários por dia, buscando informações de credibilidade e economia. O marketplace conta com milhares de farmácias de todo o Brasil cadastradas na plataforma e oferece as melhores ofertas e entrega rápida ao cliente final. Sendo assim,  um canal para que as farmácias de todo o país que ainda não vendem pela internet, 90% do total de estabelecimentos, possam fazer parte deste espaço e conquistar novos consumidores e, consequentemente, aumentar seu lucro. 

 

A plataforma conecta fornecedores e usuários e possibilita a buscar informações e comparar preços e, dessa forma, economizar em medicamentos e itens de perfumaria. Além disso, mantém o Minuto Saudável, referência em conteúdos de saúde e bem-estar, e o Bleeza, que é um site com resenhas completas de produtos de beleza, com todas as informações que o consumidor precisa para uma compra consciente. Formada por profissionais da área da saúde, programação, marketing, vendas, atendimento e suporte, a Consulta Remédios trabalha para  revolucionar o cenário da saúde on-line.