Buscas por medicamentos ansiolíticos aumentam em 2021

29.04.21 14:26 Por Leila

Com tantos acontecimentos decorrentes da pandemia e o “novo normal” vivido na atualidade, as buscas por ansiolíticos subiram mais de 50% na plataforma do Consulta Remédios

A saúde mental é um tema que está sendo muito discutido desde que a pandemia afetou bilhões de pessoas, em todo o mundo. Isso porque muitos acontecimentos que não eram comuns estão fazendo parte da rotina mundial. O medo de pegar a doença, os impactos financeiros negativos, a morte de entes queridos e o fato de não saber quando tudo isso vai acabar, são alguns dos fatores que trazem à tona a tristeza, angústia e até mesmo a depressão.


Dessa forma, os medicamentos ansiolíticos têm sido a alternativa que alguns médicos psiquiatras escolheram para pacientes que apresentam a condição. Acompanhe o artigo e veja quais os remédios mais buscados.


Neste artigo você vai ver:

  1. Ansiedade na pandemia: por que ocorre?

  2. Quais medicamentos ansiolíticos mais buscados?

  3. Como funciona a venda de ansiolíticos pela internet?


Ansiedade na pandemia: por que ocorre?

O Ministério da Saúde apresentou uma pesquisa, em setembro de 2020, em que a ansiedade é o transtorno psicológico mais frequente durante a pandemia do novo coronavírus.


Assim, a condição foi apontada por 86,5% das pessoas que responderam à pesquisa. Porém, não foi somente a ansiedade que foi constatada no estudo. Além dela, 45,5% relataram transtorno de estresse pós-traumático médio e 16% de depressão grave.


Quais medicamentos ansiolíticos mais buscados?

Em um comparativo entre o período dos meses de janeiro a abril de 2020 e janeiro a abril de 2021, é possível ver aumentos nas buscas por remédios e princípios ativos ansiolíticos. Confira na tabela:




Como funciona a venda de ansiolíticos pela internet?

Não é possível comprar esses remédios pela internet. Os medicamentos ansiolíticos são vendidos somente através de receita retida e, por isso, não podem ser comprados on-line, por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por meio da portaria 344/98


Contudo, na plataforma do Consulta Remédios é possível fazer as buscas pelos medicamentos para consultar as bulas, além de fazer comparativo de preços entre as lojas. Porém, para efetivar a compra, é necessário ir até à farmácia, que ficará com a receita médica retida.


Nesse sentido, o portal auxilia para que o consumidor final consiga o menor preço e menor tempo de entrega em seus medicamentos e itens de farmácia (quando não for necessário reter a receita), além de fornecer todas as informações acerca do item pesquisado. 


Por outro lado, facilita para que as farmácias tenham mais visibilidade, por meio do site, tendo em vista que muitas delas não possuem um endereço na web e, por isso, entram para um marketplace.


Quer vender seus produtos de farmácia on-line? Entre em contato através do formulário

Venda no Consulta Remédios